Publicidade

Leia também...

Governo de Minas deve adotar medidas austeras

Com déficit fiscal estimado em R$ 9 bilhões para 2018 e R$ 11 bilhões para 2019, Minas Gerais não terá outra saída além da adoção de medidas austeras de administração por parte do novo governo a partir do ano que vem. Como forma de contribuir para as estratégias do futuro governador Romeu Zema (Novo), a Federação das Industrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) apresentou, na sexta-feira (7), um diagnóstico fiscal do Estado com detalhamento da situação e entregou uma série de propostas do setor.

Fomos citados no Diário do Comércio em 08/12/2018. Veja mais em: http://diariodocomercio.com.br/sitenovo/diagnostico-sugere-adocao-de-medidas-severas-a-novo-governo/

Governo de Minas deve adotar medidas austeras - Diário do Comércio - Blog da Selene

#Despesascompessoal #estabilidade #crisefiscal #demisssões #cargosemcomissão #governadores #DiáriodoComércio #MaraBianchetti

Publicidade